domingo, 20 de junho de 2010

Mãe e irmão de ator de 'Central do Brasil' são presos no Rio

Ator de 'Central do Brasil', que mora em São Paulo, veio esta manhã ao Rio para se reunir com a família

O ator Vinícius de Oliveira, de "Central do Brasil" e "Linha de Passe", afirmou na manhã desta segunda-feira ao iG que está "totalmente surpreso" com a prisão de sua mãe, Juçara Ferreira de Oliveira, e do irmão, Wagner Campos de Oliveira. Os dois foram detidos no último sábado na Região Metropolitana do Rio em uma operação para desarticular uma quadrilha que fraudava cartões de crédito. De acordo com a Polícia Civil, o grupo teria aplicado golpes no total de R$ 5 milhões.

Vinícius mora em São Paulo e veio ao Rio na manhã de hoje para ajudar a resolver as questões criminais da mãe e do irmão. Segundo o ator, ele ainda não conseguiu falar com Juçara e Wagner. O artista disse ter sabido da prisão dos familiares somente na noite de domingo e embarcou hoje para a capital fluminense. "Estou totalmente surpreso com tudo isso. Nunca tive notícia de qualquer problema desse tipo antes", disse Vinícius, ao iG.

Golpes

Segundo investigações da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), o bando desviava cartões de crédito dos Correios, os desbloqueava e conseguia identidades falsas para outro grupo comprar eletrodomésticos pela internet. Os equipamentos eram revendidos por 40% do valor da loja. A mãe de Vinícius, Juçara, seria responsável por essa parte e ganharia 20% do valor recebido pelo produto vendido.

Juçara estava em um casamento no município de Magé e foi presa junto com os noivos, Rayza de Souza Gomes e Maxwell da Costa Silva. Foram detidos ainda três convidados e três padrinhos. A voz de prisão foi dada logo após o "sim" dos noivos. Rayza e Maxwell tiravam fotos à beira da piscina, quando foram detidos.

Noivos, padrinhos e convidados foram presos, por suspeita de estelionato

"Não houve reação. Houve um silêncio, que durou algum tempo. Mas o buffet continuou a servir os convidados e o bolo chegou a ser cortado. A noiva já tinha jogado o buquê. Só houve um princípio de tumulto quando começamos a apreender a cerveja", disse o titular da Deat, Fernando Vila Pouca.

De acordo com o delegado, o casamento foi pago com o dinheiro dos golpes - incluindo a lua de mel no município de Penedo (na Região Serrana do Estado do Rio), e R$ 17 mil em bebidas. Rayza foi para a delegacia ainda de vestido de noiva - tirou apenas o véu. Os detidos foram encaminhados para a Polinter e, de lá, seguirão para o sistema carcerário.

No total, foram expedidos pela Justiça para a operação 26 mandados de prisão, dos quais 19 já foram cumpridos. Cerca de 40 policiais da Deat estão nas ruas cumprindo os mandados que faltam. Os presos irão responder pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha.

Trajetória

Vinícius de Oliveira era engraxate no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, quando foi descoberto pelo cineasta Walter Salles, que o convidou para ser um dos protagonistas do filme "Central do Brasil", em 1998. Após o convite feito ao filho para atuar no longa, Juçara deixou a favela onde morava e passou a viver em um apartamento pago pela Videofilmes. Vinícius de Oliveira participou da novela "Suave Veneno", da Rede Globo, e do filme "Linha de Passe", de 2002, também de Walter Salles. Atualmente, ele vive em São Paulo, onde faz curso de fotografia e faculdade.

*com informações da Agência Estado

Fonte: Mídia News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente livremente, mas sem abusar do critério da livre escolha de palavras. Assuntos pessoais poderão ser excluídos. Mantenha-se analítico e detenha-se ao aspecto profissional do assunto em pauta.